29.7.10

 

Estava-me a lembrar da campanha da Nestea para incluir mudasti no dicionário de língua portuguesa. PELO-AMOR-DE-DEUS. Seria o quê?

 

Mudasti - acto ou efeito de mudar; verbo mudar, conjugado na 2ª pessoa do singular do dialecto alentejano. Ex: Compadri, mudasti as vacas de pasto?

 

Eu sei que não sou a mais portuguesinha dos portugueses, mas sinceramente... e ainda tentam refutar a teoria da mudança porque palavras como catrafilar lá estão e mudasti não.

 

Mas isto tudo porquê? Só porque mudasti se diz algumas vezes na rua? Que eu saiba, caralho e foda-se dizem-se muito mais vezes [e ouvem-se ainda mais]  e não é por isso que estão no dicionário... 

 

Assim looool também lá devia estar, não?!

 

 

Pronto, já me passou a 'fúria', já estou mais calma, vou ali até à praia apanhar sol...

link do post Pra lá das 5, às 15:50  ver comentários (8) comentar

Google images

 

Pois é, mais uma a contar oficialmente para as estatísticas dos licenciados em Portugal, e claro está, a contar para as estatísticas dos licenciados desempregados...

 

[good luck to me]

 

 

link do post Pra lá das 5, às 14:23  ver comentários (4) comentar

27.7.10

Só ontem é que descobri que jogar raquetes na praia é um óptimo exercício para os glúteos, isto porque hoje estou com uma dor no rabo que não se aguenta...

 

 

link do post Pra lá das 5, às 15:49  ver comentários (2) comentar

26.7.10

É verdade, acho que me esqueci de dizer, mas não é que estou de férias?!

link do post Pra lá das 5, às 14:01  ver comentários (2) comentar

 

Ontem à tarde aconteceu o insólito...

Então, estava na praia, e tinha um pacote de bolachas aberto em cima da toalha, mas andava ali nos arredores a jogar às raquetes, às tantas começa a vir um cão na nossa direcção, e como eu tenho um medo assustador desses bichos, parei de jogar e protegi-me atrás da I. [se o bicho mordesse, ao menos mordia-lhe a ela primeiro] e não é que joga a boca às minhas bolachas e leva o pacote???

 

Fiquei naquela, WTF as bolachas são minhas, sim?! É claro que não fui atrás dele, primeiro porque tenho medo, depois porque o bicho já lá tinha andado com o focinho e não ia comer mais nenhuma.

 

No final das contas, o cão roubou as minhas bolachas, e foi comê-las à sombra, grande estilo, na maior das descontracções, só lhe faltava pôr os óculos escuros.

 

É por estas e por outras que eu odeio cães à solta, devia era ter ido ter com os donos e pedir o dinheiro das bolachas que o parvalhão do cão deles me gamou...

tags: , ,
link do post Pra lá das 5, às 11:00  ver comentários (2) comentar

25.7.10

Cá estamos para [tentar] responder ao desafio lançado pelo blog cantinhodacasa, que curiosamente sigo desde que criei este meu espaço de devaneios, ou até mesmo antes.

 

 

1. Responder à pergunta: "Tens alguma pessoa que dê cor à tua vida? E porquê?"

 

     Of couse. No entanto jamais poderia dizer só uma pessoa, porque seria triste uma só pessoa dar cor à minha vida. Assim, de uma maneira geral, a minha família, os meus amigos, e às vezes até, pessoas que simplesmente passam na rua.

 

 

 

2- Publicar o selo e mencionar quem o enviou.

 

     Foi a Maria Araújo, autora do cantinhodacasa, que lançou o desafio, e como agora surgiu um tempinho, la respuesta...  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3. Passar ao maior número de blogs que achem que têm cor. 

 

 Agora é a parte em que eu faço batota, e digo que os blogueiros que aqui passam que se sintam atingidos pelo desafio do blog colorido. 

tags: ,
link do post Pra lá das 5, às 15:02  ver comentários (2) comentar

23.7.10

Isto por aqui tem andado um pouco paradinho, que não tenho tido tempo nenhum... Mas para a semana já espero ter ar para respirar a sério. A ver vamos...

 

Até lá bom fim de semana...

tags: , ,
link do post Pra lá das 5, às 20:33  comentar

20.7.10

 

Prova de fogo superada.

 

 

E que alívio...

link do post Pra lá das 5, às 18:40  ver comentários (4) comentar

Por esta hora... A Prova de Fogo...

 

 

[Oh God, help me]

 

 

 

link do post Pra lá das 5, às 11:00  ver comentários (2) comentar

19.7.10

Pois é criatura parva, andaste a brincar às férias durante o fim de semana, foste para a borga os dias todos, não fizeste um chavo do que era suposto, agora amanha-te. Soube-te bem, não foi?! Pois acredito que sim, mas como deves calcular agora sofres as consequências. E só espero que não te lixes à grande graças a isso, mas era muito bem feito. Agora que isto está mesmo na recta final é que queres deitar tudo a perder??? Pensa bem oh cabeça oca...

link do post Pra lá das 5, às 11:30  ver comentários (6) comentar

16.7.10

 

Ontem cometi uma loucura, vá uma semi-loucura, fui à praia...

E tal como em todas as outras coisas em que sou do contra, a praia não é excepção, também há pormenores que não suporto.

 

Odeio quando vou à praia e tenho a sorte que uma qualquer criatura se meta nas proximidades, completamente besuntada em óleo de coco... Que vómitos.

Não tenho nada a ver que as pessoas se ponham a fritar, mas o côco dispensava-se.

Dá-me vontade de dizer "Olhe desculpe lá, mas vá-se embora daqui porque eu odeio coco e cheguei aqui primeiro, por isso é a andar"...

 

Cá para mim, com certeza que tenho de levar uma tabuleta tipo aquela do PROIBIDO CÃES, mas PROIBIDAS PESSOAS POSSUIDORAS DE AROMAS A COCO, NUM RAIO DE 500 METROS.

 

Parece-me bem, é que não me dá muito jeito andar a vomitar pela praia. 

link do post Pra lá das 5, às 14:15  ver comentários (5) comentar

15.7.10

Ontem foi dia de dentista, nada marcado, isto porque uma das borrachinhas da minha ferradura saltou, e como saltou o ferro da braquete magoa o lábio.

O médico do aparelho só lá vai à clinica uma vez por mês, e as borrachas e afins ele é que leva.

 

Eu tenho um sorriso verde [at the moment] e não é que a querida da dentista só tinha branco e amarelo???

Assim de repente quando vi, até fiquei táquicárdica... com os elásticos todos verdes e depois lá mesmo num dos dentes da frentes, amarelo ou branco?? No way... não me apetecia fazer de bandeira do Brasil, nem ter pastilha elástica enfiada nos dentes...

 

Mas, às tantas, depois de eu estar quase a chorar da birra de não querer multicores, lá numa de grande simpatia, apareceu uma saquete com material verde, e pronto... foi uma birra que valeu muito apena.

 

Na próxima vez que trocar os elásticos tenho que pedir uns quantos para suplentes, é que todos os meses me saltam pecinhas...

link do post Pra lá das 5, às 11:27  comentar

13.7.10

"Uma mentira pode correr meio mundo antes que a verdade consiga calçar as botas".

 

 

James Callaghan

link do post Pra lá das 5, às 10:50  comentar

12.7.10

Depois de devidamente resolvida a situação do óleo, procedeu-se a uma ligeira limpeza e respectiva lavagem exterior.

Nesta altura do ano, o carro parece um cemitério de garrafas de água. Tinha 2 garrafas de 1,5L, 6 de 0,5L e 1 das pequenas, e todas elas armazenadas só numa semana. Adiante.

 

Enquanto esperava a minha vez para a lavagem de pressão, estava a observar uma criaturinha que lavava meticulosamente o seu carrinho novo. A mãe punha as moedas e ela andava de uma lado para o outro com a pistola na mão. Teve quase 5 minutos a lavar cada jante. Quando só faltava uma das jantes, a água parou [isto depois da velha ter posto umas 100 moedas]

 

Meticulosa: Outra vez?

Mãe: Sim, mas eu meto mais uma...

Meticulosa irritada: Que grande roubalheira, ladrões...

 

E rir, não?! Claro que me fartei de rir, aquilo mete-se a moeda, e é por tempo, e ela devia estar a pensar que era infinito, não?! Eu devia era ter-lhe pago para ela me lavar o vidro da frente, que com a quantidade de bicharocos que ali morrem, passando depois a um estado gorduroso, não é muito fácil de sair, ainda para mais que não tenho muita paciência para essas coisitas. Enfim

 

[Ah e meti um lençol no carro, como os velhos fazem, para as aves, tipo pardais e andorinhas não me cagarem o carro todo].

link do post Pra lá das 5, às 15:30  ver comentários (2) comentar

Ontem tirou-se um bocadinho da tarde para tratar do carro, isto é, lavá-lo, arrumá-lo por dentro, e pôr óleo.

Comecei pela última. O veículo anda a consumir mais óleo que água, e está prestes a concorrer com a quantidade de combustível que leva por semana. Tenho cá para mim, que ali qualquer coisa se passa. É que levar 1L de óleo de duas em duas semanas, [e na minha ignorância dessas mecânicas] não é normalito, independentemente de andar a gastar um depósito por semana.

 

Ora chego eu às bombas de gasolina, e mostro ao sr. o papelito da mudança de óleo, onde lá diz qual é o indicado, ou o que tenho que pôr, whatever... e então

Sr. gasolineiro: olhe desse tenho mineral, e semi-mineral...

Ignorante: ah bom, pois olhe não faço ideia...

Sr. gasolineiro: e depois tenho este que é mais espesso.

Ignorante [a não pescar nada da coisa]: interessante. Então e quais são os preços?

Sr. : este custa 30 e este 25...

Ignorante que sabia que havia mais barato: ah pois, olhe mas como eu não sei bem qual deles é, vou informar-me melhor e depois logo cá venho.

 

Txauzinho...

 

Depois fui ao hiper, onde sabia que havia só um tipo de óleo, e assunto resolvido, cheguei a casa, carrinho à sombra, abre-se o capô, tira-se a vareta e começa-se a verter o óleo lá para dentro.

O grande problema é que aquele buraquinho é muito pequenino e as garrafas nem sequer trazem funil, resultado, o óleo em em vez de entrar, vai para um outro sítio ali ao lado, ou seja, como o carro estava quente, aquilo começa a deitar fumo, mas mesmo muito, e a cheirar a óleo queimado pra lá da conta. Azelha diria eu...

 

 

 

link do post Pra lá das 5, às 10:34  ver comentários (4) comentar

 
mais sobre mim
Julho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
14
17

18
21
22
24

28
30
31


Leitura do momento
comentários recentes
Muito, muito obrigada :DBeijinho
Muito obrigada :DBeijinho
Muitos, muitos parabéns! :) Beijinho especial ♥
Muitos parabéns minha linda:) pelos dois motivos.T...
Obrigada, vou dando notícias, ainda que com pouca ...
links
subscrever feeds
blogs SAPO
Protected by Copyscape Duplicate Content Software