31.10.10

Já me tinha esquecido de como horrível é ir ao centro comercial ao domingo, e para agravar, início do mês [dinheirinho na carteira]...

Hoje fui e relembrei-me de como era. Enquanto não me esquecer não volto lá...

link do post Pra lá das 5, às 19:05  comentar

29.10.10

Para mim hoje é segunda-feira. Boa semana para a minha pessoa e bom fim de semana para a população normal.

 

 

tags: ,
link do post Pra lá das 5, às 11:30  comentar

28.10.10

Google images

 

O mundo anda [ou sempre andou] por fases, ora é as tragédias, ora os fenómenos naturais, a fase em que morre uma batulada de gente e a fase em que anda tudo grávido.

 

É nesta última que me vou ficar [entenda-se a escrever]. Volta e meia liga-me uma amiga a dizer que a fulana tal está grávida, ou ouvem-se conversas ou vejo-as na rua. Isto tudo malta que andou comigo na primária. Tá tudo grávido. Fico sempre espantada [or not]. É certo que já tenho idade para ser mãe, mas ainda sou quase uma criança.

 

Ainda hoje vi uma rapariga que não me cruzava com ela há imenso tempo e ao longe pareceu-me assim um bocadinho gordinha, mas quando passámos mesmo perto é que reparei que aquela gordura 4 ou 5 meses depois passa. Incrédula, só não fiquei de boca aberta e a apontar para a barriga dela porque estava em frente a um hospital psiquiátrico.

 

No final de contas não há mal nenhum nisto [é a lei da vida e o Cavaco Silva adora], a mim é que não me passa pela cabeça engravidar agora [se bem que às vezes não há tempo para pensar]. Ainda ontem éramos umas criancinhas a brincar à apanhada, ao elástico ou até mesmo à bola, só que agora estamos em fases diferentes de brincadeiras, porque enquanto eu ainda ando a brincar às escolinhas, elas já brincam aos pais e às mães.

link do post Pra lá das 5, às 15:41  ver comentários (2) comentar

27.10.10

Google images

 

Se eu tiver algures nesta boquinha sã cáries, elas vão engordar a olhos vistos. Da mesma maneira que o Toblerone, de [quase] meio quilo que a mami trouxe, está a emagrecer a olhos mais que vistos.

 

E este com passas sabe tão bem... Parece-me que logo à tarde vou ter um bónus adicional de 1h ao meu jogging.

link do post Pra lá das 5, às 16:13  ver comentários (2) comentar

Google images

 

Como surpreender a família [entenda-se agregado familiar] em menos 3 minutos e com uma romã na mão.

 

Ora portanto não foi necessário fazer aqueles malabarismos de circo que tanto gosto [e que por vezes não sai bem claro], bastou uma romã, uma faca de cabo pesado e uma taça. A tarefa foi desgomá-la em menos de 3 minutos. Corta-se a romã pela 'linha de equador' e depois com o cabo da faca dá-se pancadas na casca e os gomos vão caindo. Simples. Ficaram admiradíssimos pelo modo como estava a fazer aquilo.

 

Isto são as coisas fantásticas que se aprendem nesta blogosfera. Infelizmente já não me lembro qual foi o blog onde vi tal coisa, o que seria muito útil uma vez que tinha um vídeo, mas então...

link do post Pra lá das 5, às 11:33  ver comentários (6) comentar

25.10.10

Google images

 

Uma palavra: DESILUSÃO. É verdade, foi mesmo mau. É certo que já tinha lido alguns comentários ao filme e nenhum deles era positivo. Ainda assim quis vê-lo. Já ia com baixa expectativa e quase me deixei dormir.

 

Nota nada negativa.

link do post Pra lá das 5, às 10:30  ver comentários (2) comentar

19.10.10

Google images

 

Por vezes gosto de ir às compras, nem sempre, porque também tenho dias em que mais valia cortar os pulsos. Quando vou gosto de entrar nas lojas e regra geral em menos de 2 minutos tenho tudo visto, só se alguma coisa me prender a atenção é que demoro mais uns segundos. Mas onde quero chegar é quando estamos a ver um casaco ou qualquer muito entretidas e toca o alarme da porta. Qual é a reacção imediata? Olhar para a porta e ver quem foi a criatura que resolveu palmar qualquer coisinha ainda que saibamos que foi provavelmente a empregada que se esqueceu de tirar o alarme.

 

Mas chato, mesmo chato chato é quando essa merda nos acontece a nós. Convenhamos que é um pouquinho desagradável, mesmo que esteja tudo pago. Hoje aconteceu-me a mais estúpida de todas, estava a sair da loja, vinda da caixa, não havia mais ninguém a sair, apito. Depois de toda a gente olhar para mim e pensar "O que será que aquela gamou" dirijo-me à caixa e digo que o saco apitou, para ela ver, vai de lá com grande descontracção e diz "Ah isso foi de outra loja".

 

WTF??? Aquela porcaria apitou e acendeu as luzinhas, quase que me sinto uma criminosa a ser fuzilada pelos olhares alheios, chego lá e a gaja nem nem comprova que estou inocente?? É que se voltasse a apitar alguém levava com o saco na cara...

 

Parece que está tudo manipulado, e que de tempos a tempos tem disparo automático... Santa paciência...

link do post Pra lá das 5, às 15:45  ver comentários (2) comentar

18.10.10

Não, este não é o meu tapete...

 

 

Pancada 9: "NÃO ME PISEM O TAPETE".

 

É por demais mas criaturas que me entrem no quarto e se aproximam do tapete é ouvir os meus gritos histéricos. Estranho, eu sei, o tapete não é bordado a ouro nem nada que se pareça e nem tem valor sentimental inestimável mas a minha 'lógica' é que na rua anda-se com sapatos [convém], pisa-se porcaria e montes de coisas, depois os sapatos andam em cima do tapete [e deixam lá as porcarias] e depois ando descalça em cima do dito cujo?? Não pode ser...

 

Há manias para tudo. Esta é só mais uma...

link do post Pra lá das 5, às 10:30  ver comentários (2) comentar

17.10.10

É estranho quando o fim de semana começa ao domingo e termina na quinta. Agora aguenta e não chora...

link do post Pra lá das 5, às 16:03  comentar

15.10.10

Vai uma pessoa muito descontraída na sua corrida, com a rádio comercial nos ouvidos, quando salta um sapo [o bicho real] a uns 2 cm dos ténis, e volta a saltar e desaparece nos arbustos.

 

Ainda estou para descobrir como é que não me deu um ataque cardíaco e fiquei lá deitada na estrada...

link do post Pra lá das 5, às 21:04  ver comentários (2) comentar

14.10.10

 

Por mais sucesso e share que o programa tenha conquistado parece-me excessivo que haja pessoas que façam dele o seu vício diário, mas isto sou eu que penso assim, e que já me fartei daquilo há uns tempos [embora continue a achar que aquilo vai dar muita merda].

 

Não é que ontem à tarde entrei num café e a televisão, que habitualmente estava na Sic Notícias, estava no canal do MEO que transmite as 24 horas da Secret Story?

 

Voltem Sport Tv e RTP Memória, estão perdoadas

link do post Pra lá das 5, às 14:00  ver comentários (4) comentar

13.10.10

 

Ora e parece que o Pra lá das 5 está em destaque. Acho que um destaque [bom] é sempre uma coisa boa, é coisa para nos deixar logo um sorriso parvo na cara para o resto da noite [porque só vi à pouco].

 

Bem, não se me ocorre mais nada. Obrigado à equipa do Sapo pelo destaque. Quem costuma cá vir, já sabe que está em casa e quem cá vem pela primeira vez, welcome.

tags:
link do post Pra lá das 5, às 22:14  ver comentários (4) comentar

... entre uma senhora e um senhor, amigos, e de uma certa idade.

 

Depois de uma hora e tal de conversa:

 

Ela - bem, vou-me embora que tenho dir tomar banho.

Ele [muito espantado] - outra vez? Mas tu tomas banho todos os dias? Não sabes que isso faz emagrecer?

 

 

Não deu, tive de rir... Esta nunca eu tinha ouvido. Mas fico feliz por ser magra...

link do post Pra lá das 5, às 10:30  ver comentários (9) comentar

12.10.10

 

 

Sempre gostei das músicas do Seal e esta é só mais uma. Este videoclip é todinho com o Seal e a sua mulher Heidi Klum.

tags: ,
link do post Pra lá das 5, às 14:12  ver comentários (6) comentar

11.10.10

Google images

 

Não, não me refiro aos choques que há na estrada com carros a sério, ou àquele toca-e-foge, ao acelera e trava, ao chamar nomes às restantes criaturas que por lá andam mas, aos carrinhos de choque da feira. Estar meia hora encostada ao pilar da pista dá para observar algumas coisas e tirar algumas conclusões e ver coisas giras [parvas, muito parvas].

 

Assim que se chega perto, a música é o que mais chama à atenção. Quer dizer, talvez não, porque no meio de tantos carrosséis só é perceptível o barulho, que por sinal não é pouco. Mas talvez a luzes, o aglomerado de gente, as faíscas a soltarem-se da rede, mas para a minha pessoa o mais importante é a mística que transporta, pode haver carrosséis novos todos os anos, mas os CC estão sempre lá com lugar cativo, e toda a minha infância a cada semana de feira, só desejava ter as pernas maiorzinhas para poder andar nos CC dos grandes. Pessoalmente a partir do momento em que tirei a carta [dos carros a sério] os da feira deixaram de me interessar tanto, vá-se lá saber porquê. Não passei a chocar contrar os outros, nem com o virar todo do volante ele anda para trás e muito menos tem só um pedal [se bem que ao início eu desejava que os carros reais também só tivessem um pedal], mas pronto. 

 

Mas gostei de ver os putos entre os 12 e os 17 com ar de quem 'domina a cena', vi malta com sacos cheios de fichas, vi muita gente chungosa, vi muitos gaiatos a conduzir o carro com ar de bad boy, vi muita gente de cigarro na boca [criaturas que vi ainda de chucha, agora com uns 15 anos], vi namoradinhos de adolescência, vi choques propositados porque o rapaz do carro da frente era todo giro, vi disputa pelos veículos na hora de trocar. Vi também velhos embriagados no meio da malta. E fiquei também algumas vezes de boca aberta, espantada com coisas que ou nunca tinha visto ou me surpreenderam.

 

Em suma, o fenómeno carrinhos de choque é algo

link do post Pra lá das 5, às 11:00  ver comentários (4) comentar

 
mais sobre mim
Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

20
21
22
23

24
26
30



Leitura do momento
comentários recentes
Muito, muito obrigada :DBeijinho
Muito obrigada :DBeijinho
Muitos, muitos parabéns! :) Beijinho especial ♥
Muitos parabéns minha linda:) pelos dois motivos.T...
Obrigada, vou dando notícias, ainda que com pouca ...
links
subscrever feeds
blogs SAPO
Protected by Copyscape Duplicate Content Software