12.2.10

 

Não tenho idade suficiente para dizer que "No meu tempo 1 Kg de arroz custava 25 tostões", mas no meu tempo não havia (muito) disto.

 

Ora pois, quando íamos em visita de estudo a algum lado, o normal era virarmo-nos para trás e presentearmos os condutores que nos seguiam com um adeus, ou mandávamos beijinhos ou coisas desse género (salvo raras excepções).

 

Hoje quando regressava a casa ia uma carrinha com miúdos da escola à minha frente, e também fui presenteada... mas mostravam-me efusivamente o dedinho do meio, aliás das duas mãos, muitíssimo satisfeitos.. Ora não.

 

Mudam-se os tempos...mudam-se os gestos. 

link do post Pra lá das 5, às 18:44  ver comentários (2) comentar

11.2.10

Depois de almoço, fui tomar café, não estava muita gente, mas havia lá uma cara que me chamou a atenção, porque parecia que não jogava com o baralho todo (podia ser só impressão minha).

 

Estava tudo em silêncio quando a criatura se salta para a dona do café, como quem tinha acabado de fazer uma grande descoberta:

 

"Sabia que quinhentos conto, são meio milhar???"

link do post Pra lá das 5, às 19:34  ver comentários (2) comentar

 

Pancada 1: Não comprar o jornal depois de almoço.

 

As notícias são exactamente as mesmas, mas parece que não têm o mesmo 'gostinho'. Porque cá para mim, o jornal é para se ler de manhã. Manias... 

 

Agora estou a fazer uma colecção nova, no domingo passado saiu com o Diário de Notícias uma caderneta de cromos do mundo da Paty, ou lá como a gaiata se chama... A modos que achei aquilo um pouco estranho, se fosse o 24 horas, ainda vá... agora com o DN... Já estou ansiosa para ver os cromos do próximo domingo.

link do post Pra lá das 5, às 14:26  ver comentários (2) comentar

10.2.10

Jennifer Aniston

 

Não tenho por hábito andar a ouvir a conversa das outras pessoas, mas esta chamou-me a atenção.

 

Amiga 1: Não foste àquela loja nova hoje?

Amiga 2: Sim, mas não encontrei bem aquilo que procurava. Queria assim uma blusa justa, e com um decote grande, pó Alexandre ver bem o tamanho delas. E comprei outra igual a esta que tenho vestida, mas em amarelo.

 

Ora pois que tive de olhar, para ver a blusita que a tipa tinha comprado.

 

Amiga 3: Ai, é gira, mas não te está apertada?

 

Amiga 2: Eu queria o número abaixo, mas não havia. Acho até que podia estar mais justa.

 


Tentativa de descrição da amiga 2:

A rondar 1,65m uns 17 anos, talvez, não propriamente magra, e a tal blusinha nova que trazia com tanto gosto, ainda a tinha dobrada para dentro na zona da barriga, com o pneu michelin a brotar cá para fora (tipo o orgulho da nação).

E ela ainda queria o número abaixo??? Então havia de parecer uma baleia assassina.

 

Se calhar um bocadinho mais larguita, sem estar dobrada e com o seu tecido adiposo abrigado do frio, seria agradável... digo eu, na minha ignorância.. Não digo com isto que a miúda devia ser anoréxica, mas ao menos apropriar os trapinhos ao corpito que tem, não?!

 

Voltámos aos tempo de "gordura é formosura"?

link do post Pra lá das 5, às 17:05  comentar

9.2.10

 

Soube-me tão bem... embora tenha chegado a casa já tarde, troquei de roupa, peguei no velhinho mp4 e fui correr..

Costumava ser um hábito, mas nem sempre há tempo.

Indiscutivelmente nos dias em que estou mais cansada é quando melhor me sabe o jogging, faço uma espécie de troca de energia, deixo lá a má e trago a boa. 

 

Não sou assim muito adepta de ginásios (embora já tenha experimentado), e como ando sempre a saltar de um sitio para outro, não ia dar grande resultado, porque o dinheiro gastava-se (não são lá muito baratos) e não se ia malhar. Se bem que também tem os seus pontos (bem) positivos, porque há lá com cada corpinho a passear... que quase convencem uma pessoa a desembolsar o dinheirito. Claro que depois também há lá aquelas criaturas que em vez de terem corpo, têm comprimidos, e depois andam-se lá a transportar e atraem olhares:

Eles a pensar: belos músculos estes, são verdadeiros sim... queres que te mostre mais de perto?

Nós: caraças, isso parece insuflável, ainda és pior que um chimpanzé, e fazias melhor figura na selva.

 

Agora com as baterias recarregadas, vou continuar o homework e ver Anatomia de Grey.

link do post Pra lá das 5, às 21:44  comentar

8.2.10

Hoje foi um daqueles dias em que começou a correr bem, deixei-me dormir. 

Tinha um telemóvel a tocar com o despertador, e o outro a tocar porque já me estavam a ligar, e eu, parecia que estava morta, e o subconsciente espertinho resolveu ignorar os dois.

Odeio chegar atrasada a compromissos, ainda por cima, porque resolvi não acordar.. Fiquei pior que estragada. 

 

Mas depois lá as coisas se foram compondo. Fui às compras. Há imenso tempo que não ia às compras logo quando as lojas abriam, e já não me lembrava da sensação de ter os trapinhos impecavelmente dobrados, e sem a habitual 'feira dos ciganos' onde está tudo ao molho. Ainda por cima não comprei nada de especial (uma camisa, uma carteira e um soutien).

 

Depois, recebi óptimas noticias laborais (daquelas que desejamos que o telefone nunca toque), ou seja, a minha semana vai andar quase a 300... vá 250..

 

Ah.. mas daqui a pouco vou jantar com a C. e a C.(estamos à tua espera I.), e vou-me desforrar.. Já que durante o resto da semana as coisas têm de ser rigorosamente bem feitas. Eu já tenho idade para ter juízo, e não para entrar nestas loucuras logo no inicio da semana, mas pronto... seja o que Deus quiser.

link do post Pra lá das 5, às 19:42  ver comentários (2) comentar

7.2.10

Diga-se de passagem, que a esta hora do campeonato, o cartaz para o Rock in Rio, já deveria ter saído, ou pelo menos, gostava eu.

Pois que aqui fica o 'dia de sonho':

  • Coldplay;
  • Red Hot Chili Peppers (quase impossivel);
  • Muse;
  • Pearl Jam (se não vierem ao Rock in Rio, posso sempre vê-los no Optimus Alive);
  • Linkin Park; 

 

Não pedes mais nada, não?!

Ah.. já agora se a Brandi Carlile viesse, também não me importava. Pronto e nos Dj's não tenho assim a modos que preferência.

 

E aqui fica a minha best music dos Coldplay.

 

link do post Pra lá das 5, às 18:33  comentar

6.2.10

 

Certo dia je, ficou de se encontrar com as amigas perto do cinema para irmos ver um filme "a definir".

Quando elas me disseram que o único filme que ainda dava para ver era o 'Crepúsculo', eu simplesmente me recusei a ir ver aquela coisa de vampiros que não tinha piada nenhuma (para mim), e depois da birra que fiz lá me vim embora. Depois desse filme, ainda houve três livros da mesma saga (que de as ouvir falar do assunto, também eu já sabia a história) e outro filme e "Estamos ansiosamente à espera do terceiro". que giro...

 

Como se já não bastasse ocuparem salas de cinema com o tema, agora também ocuparam tempo na televisão generalista, em quase todos os canais portugueses. Até aqui nada de mais, porque todos nós já sabemos isto.

 

Mas ontem encontrei o cumulo... no youtube estava lá uma janelinha daqueles testes super úteis, onde dizia:

"Serás um vampiro?? Faz o teste e descobre"

 

Por amor de Deus, agora se calhar sou vampira, e estou prestes a descobrir.. mas só quando fizer o teste...

link do post Pra lá das 5, às 13:33  ver comentários (1) comentar

5.2.10

 

David Fonseca - Stop 4 a minute

 

Mais uma grande música, e grande videoclip!!

 

 

link do post Pra lá das 5, às 21:55  comentar

4.2.10

 

Ainda à pouco, quando vinha a caminho de casa, surgiu-se-me uma questão: "Será que a PSP tem limites de velocidade diferentes do 'civis'?"

 

É que quando nós só podemos circular, no máximo, a 50 km/h, o limite deles parece que é de 20. Ora vão a ver a paisagem, ora a fumar um cigarrinho, ora a falar do orçamento de estado (ou dos jogos do campeonato), ou do que eles quiserem... mas irritam, porque uma pessoa vai com pressa, e quando podia ir a 49 km/h vamos a 19, atrás daqueles marmelos... e vale a pachorra... dá vontade de apitar e chamar nomes e essas coisas todas menos próprias.

 

E por outro lado quando nós só podemos ir a 120, eles passam por nós a 200... Tanta pressa?!

 

Talvez ainda um dia venha a entender a coisa, mas por agora são só um teste à minha paciência.

link do post Pra lá das 5, às 22:51  comentar

 

Pois que o outro livro já se acabou, e claro, como addicted que sou, fui comprar outro...

Gosto de comprar livros em grandes superfícies, com bastantes livros, tudo e mais alguma coisa, para ver, ler, cheirar. Pois sim, gosto imenso de cheirar os livros, há uns que têm um cheiro assim a modos que parecido com vomitado, (aqueles reciclados principalmente) que esses não compro nem pintada.

 

Quando não tenho nenhum em vista, os critérios de escolha são:

- Capa atraente;

- Título sugestivo;

- Não demasiado grandes;

- Letra de bom tamanho (porque ja começo a ficar vesga);

- Capa de trás com resumo porreiro;

- Tragam separador; (porque faço coleção e dá jeito)

 

Agora há locais que têm aquelas promoções que trazem dois livros quase pelo preço de um, quer dizer, pagamos um livro e meio, mais coisa menos coisa.

 

Então a compra de hoje, não seguiu bem os critérios habituais porque vêm num plástico que não dá para ver nem o resumo, nem o tamanho da letra,nem o cheiro nem se tem separador... Vamos lá ver se são alguma coisa que se aproveite.

 

tags:
link do post Pra lá das 5, às 17:52  ver comentários (1) comentar

3.2.10

 

 

 Hoje no Diário de Notícias vinha assim:

 

"Carrosséis voltam para casa e pedem desculpa a Lisboa pelo incómodo"

 

Será cliché pensar que as desculpas não se pedem, evitam-se?!

link do post Pra lá das 5, às 20:26  comentar

2.2.10

 

Odeiooooo limpezas!!!!

Mas quem é que inventou que as limpezas ajudam a relaxar??

 

A bimby, já que é tão boa na arte dos cozinhados, bem que também podia limpar a casa, não?!

link do post Pra lá das 5, às 18:49  ver comentários (1) comentar

1.2.10

Eu: Olá Dra, bom dia, como está?

Dentista: Olá M., como vai? Há muito tempo que já não a via?

 

blá blá blá conversa do costume, então a família, o emprego, os amores e essas coisas todas.

 

Já de boca aberta.

Dentista: Você sempre teve uma bela dentadura... sempre teve.. aqui uns dentinhos impecáveis. Já o seu irmão não é bem assim.

Eu a pensar: ya, isso é tudo muito fixe mas tou de boca aberta com o aspirador lá dentro e estou ligeiramente apressada. Vocês dentistas, devem fazer com cada monólogo, metem-se a falar, mas esquecem-se que nós não podemos responder, boa?!

Dentista: Bem, isto só está aqui uma pontinha de tártaro, e trata-se já.

Eu a pensar: Isso soa-me aquela coisa que os cães têm... na volta ainda me vai receitar um stick de pedrigree por dia.

Dentista: Pronto, já está.. isto é que é rapidez, hein?!

 

Moral da história, não paguei nada!! Já estava psicologicamente preparada para desembolsar uns belos euros, eis quando o dinheirinho da consulta começou a criar rumo... à sapataria. Aquela dentista é uma querida, cada vez gosto mais dela ;P

 

Também era de valor chegar à sapataria e dizerem-me: "Ai que belos pés (mentira), que raro, só por isso vamos oferecer-lhe os sapatos"

 

Vai sonhando, vai...

link do post Pra lá das 5, às 14:08  comentar

 
mais sobre mim
Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

20

27



Leitura do momento
comentários recentes
Muito, muito obrigada :DBeijinho
Muito obrigada :DBeijinho
Muitos, muitos parabéns! :) Beijinho especial ♥
Muitos parabéns minha linda:) pelos dois motivos.T...
Obrigada, vou dando notícias, ainda que com pouca ...
links
subscrever feeds
blogs SAPO