25.8.10
E esta música não dá para bater o pé e assobiar a little bit?? Pois claro que sim...
Desde feel goog inc que aprendi a gostar desta banda estranha, composta por bonecos que cantam. Ver um espectáculo deles deve ser como ver o canal Disney, não?!
Tem muito bom ritmo, good energy e blá blá blá, é o que digo sempre, de todas as que aqui coloco. Vale apena ouvir Gorillaz...
link do post Pra lá das 5, às 15:00  ver comentários (2) comentar

24.8.10

 

Come ervinha filha, come que só te faz bem. A ti e a mim claro.

 

Acho uma graça ao novo anúncio de uma das marcas de leite mais vendidas em Portugal [não vou precisar a marca, porque não tenho a certeza], onde o avô diz ao neto que as vacas são passeadas, depois ficam todas contentes, dão um leite melhor e é por isso que ele tira boas notas a matemática. Mais coisa menos coisa é algo parecido.

Eu gosto muito de dar o meu parecer [por vezes, nem sempre] então sugiro que levem as vacas ao cinema, de preferência um filme 3D [estou mesmo a imaginar as vacas com os óculos, e já agora pipocas doces], depois dão-lhe banho porque está muito calor, e ainda lhes podem dar um geladinho ou um granizado. E depois eu vou beber aquele leitinho, que vai tornar estas ideias um pouco mais lúcidas. Tenho cá para mim que o leite que ando a beber deve ser de vacas muito mal tratadas, e ainda desconfio que possa ser kéfir com rótulo de leite meio gordo.

 

Bem, por hoje já chega de ideias disparatadas. Amanhã [talvez] há mais, consoante a agenda. Mas convenhamos que gostava de ter uma agenda de vaca fina, assim amanhã de manhã dormia, depois ia almoçar fora, ainda me faziam umas festinhas, à tarde cinema, e ao sol posto bebia-se um granizado, pois pois...

link do post Pra lá das 5, às 15:00  comentar

 

... do nada surge uma grandiosa conversa, digamos que, como consequência de um fim de semana de alguns [poucos] exageros.

 

C: Há bastantes mosquitos agora pá...

Je: Pois há e eu estou toda picada, pena que os que me tentarem chupar o sangue morrem de coma alcoólico.

 

E isto assim do nada, tenho com cada uma eu... que sei lá. O pensamento é que para o próximo será melhor, e acho bem que seja, caso contrário não tarda estou na lista para receber um fígado...

 

Como diz a outra, Oh god make me good, but not yet...

link do post Pra lá das 5, às 10:00  ver comentários (2) comentar

19.8.10

Pelo que estou agora a ver no Sapo, hoje é o Dia Mundial da Fotografia. Bem, embora ande um pouco desligada desse meu hobbie, é uma coisa que adoro fazer. Sei que as fotos que tiro são disparos do momentos, algumas mais programadas com viagens propositadas aos locais, mas como é claro, nem sempre gosto do que sai. É a vida.

 

Mas agora a sério, dia mundial da fotografia??

Mas há dias mundiais de tudo? Já agora, quando é o dia mundial do cão?? E também estava interessada em saber o dia mundial das passadeiras, para fazer numa perto de mim um piquenique comemorativo de tal festividade...

 

Agora vinha mesmo a calhar uma fotografia decente, da autoria aqui da criatura, mas por motivos técnicos hoje não será possível...

link do post Pra lá das 5, às 22:54  comentar

17.8.10

"Levas uma galheta na cara que vais a ver..."

 

link do post Pra lá das 5, às 11:30  comentar

13.8.10

 

Parece que amanhã começa o fim de semana... e depois desta semana exausta de trabalho [felizmente] estamos prontas para um descansozito, mas ao que consta já está agendado:

- Viagem;

- Copos;

- Praia;

- Chuva de estrelas;

- Jantarada;

- Copos;

- Aniversário do bro;

- Praia;

- Dormir;

- Jantarada hiper familiar;

- Viagem;

 

bem e entretanto ainda deve haver mais coisas pelos meio, daquelas imprevistas... mas para já não me parece mau...

link do post Pra lá das 5, às 11:00  ver comentários (4) comentar

11.8.10

Este blog está um desmazelo, por completo, mas tem uma explicação.

Não, não é porque é verão, nem porque está calor, nem porque fui de férias. Aqui a criatura começou a trabalhar na segunda feira, e além do jet leg que ainda estou a sofrer, há muita coisa para arrumar, e horas de descanso reduzidas e nessas poucas horas é necessário fazer coisas mais urgentes [embora não me apetecesse nada].

Arranjei trabalho, não emprego, e também não é por muito tempo [coisas sazonais] mas estou a adorar, estou a adorar aprender as artes do ofício, o ambiente é óptimo, uma equipa fantástica [pelo menos para já e espero que continue assim].

 

De maneiras que é isto, mas assim que isto acalme um bocadito e que comece a entrar na rotina [espero que esta semana ainda], regresso às minhas parvoíces/devaneios aqui no sítio, e não menos importante, pôr-me a par das novidades nos blogues que sigo.

 

Até lá cuidado com o sol, e bebam muita aguinha e suminhos de fruta e se for caso disso... boas férias ;-)

link do post Pra lá das 5, às 11:00  ver comentários (4) comentar

6.8.10

Bem, em jeito de mini explicação para o post anterior, cá vai.

 

Toda a gente sabe que nesta altura do ano o nosso Portugal recebe os emigrantes. Refiro-me [neste caso] aos franceses. Aos nossos portugueses que para lá foram.

Isto tudo tem um propósito, que com um exemplo muito prático passo a explicar:

 

No outro dia estava na praia muito descansadinha da minha vida a ler o meu livro e relativamente próximo estava um casal com os dois filhos. Eu gosto muito de observar o que me rodeia, e às tantas a miúda sai disparada com a toalha, vem estender a toalha a dois metros de nós, senta-se, cruza os braços e começa a chorar. Pensei logo que fosse uma birrinha, que também eu já passei por essa idade.

 

Passados uns minutos vejo o pai levantar-se com uma fúria do caraças, dá meia volta e começa a bater no filho, e deu-lhe bem, meia dúzia de estalos e um pontapé, e por fim atira-lhe a toalha para longe. Mas nesta última parte houve gritos, que o homem estava aos berros. O único problema é que estava aos berros em francês, ou seja, estragou tudo, porque assim eu não percebi nada, nadinha, zero. Acabei por não entender o motivo de tal tareia, o que acho muito mal feito. Claro está que pensei que a próxima a levar seria a mãe, mas pronto.

 

Na próxima, peço para falarem em português...  

link do post Pra lá das 5, às 20:02  ver comentários (4) comentar

5.8.10

"Odeio quando não percebo o que as pessoas dizem..."

 

 

link do post Pra lá das 5, às 20:54  comentar

4.8.10

 

Estamos no verão, e faz calor. Costumam usar-se roupas mais frescas e arejadas para tentar aliviar a coisa. Mas a questão de hoje prende-se... nos pés.

 

Pois que também é verdade que nesta altura é impensável usar sapatos fechados, era certo que ficariam cheios de bolhas. Portanto volta e meia calça-se uma sandaloca, mas a verdade é que sou muito mais adepta do chinelo, principalmente da boa da havaiana.

 

Um aparte: esta marca anda muito versátil, para além dos clássico chinelo, também tem os de cunha, e uma versão sandália também muito prática.

 

Retomando, andar de chinelos o dia todo é o melhor que se consegue, o odor desagradável minimiza-se porque o calçado tem ar condicionado, porém, depois de umas horas de chinelinho no dedo, os meus pés estão labregos, porcos, sujos, como se não fossem lavados há mais de uma semana, tipo pé de cigano. E nem costumo andar ao pontapé com as pedras, nem com o lixo, mas pronto, nem tudo são rosas. 

 

Parece-me que tenho de andar com toalhitas na mala e volta e meia limpar os pés, numa tentativa de combate aos pés labregos, credo.

link do post Pra lá das 5, às 16:06  ver comentários (2) comentar

3.8.10

 

 

Desde que eles começaram que sou fã, não fanzérrima, mas gosto bastante, por tudo, pela voz da Ana Bacalhau, pelas roupas que eles vestem, pelas letras das canções, por tudo. Hoje aqui fica Movimento Perpétuo Associativo.

link do post Pra lá das 5, às 16:52  ver comentários (2) comentar

 

  

A saga das formigas. Acho terrível que estes pequenos bichos andem a passear com a maior das descontracções na cozinha [principalmente] e em outras repartições da casa e não só [no entanto as formigas devem estar no meu top 5 dos animais de que não tenho medo]. É chato quando se deixa cair um pouco de doce, sem reparar, e minutos depois aquilo parece um ajuntamento de ciganos quando um se mete em confusões [que vem a família toda, e os vizinhos, e a os primos afastados da outra ponta do país e o cão]. Todas em filinha, e depois é só festa.

 

Mas o que acho fascinante, é que elas se fossem maiorzitas davam óptimos animais de caça. Têm um faro que mete inveja a muitos cães. Dão com os alimentos por vezes mais depressa do que eu. São extremamente acrobáticas, porque mesmo nas alturas onde eu moro elas vêm cá ter. O ponto que joga a seu favor é serem extremamente ácidas, caso contrário davam uns belos petiscos, mas desde o dia que uma foi embrulhada do pão que eu estava a comer e que não sabia lá muito bem, desisti de tentar achar que podiam dar um bom prato.

 

Há uma ou duas semana atrás, estava eu na biblioteca a terminar trabalhos, e quando dou por mim tinha a mala do computador cheia de formigas, e não anda com comida lá dentro. A parte estúpida é que não consegui tirá-las todas da mala, guardei o pc e fechei-a. Escusado será dizer que quando a voltei a abrir ainda haviam algumas a passear, e por certo que algumas devem estar carbonizadas no disco ou perto da ventoinha, porque com as temperaturas que esta preciosa máquina atinge, elas devem ter tido morte imediata. Oh coitadinhas, agora sou uma assassina de formigas. Ainda pensei que ia vê-las a passear pelo ecrã do pc enquanto escrevia qualquer coisinha, mas parece que escolheram outros caminhos.

 

Entretanto vou ali estudar os formigocidas para que as pessoas sejam as únicas criaturas a entrar pelas portas [e janelas] cá de casa. 

tags: , ,
link do post Pra lá das 5, às 11:20  comentar

 
mais sobre mim
Agosto 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
14

15
16
18
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


Leitura do momento
comentários recentes
Muito, muito obrigada :DBeijinho
Muito obrigada :DBeijinho
Muitos, muitos parabéns! :) Beijinho especial ♥
Muitos parabéns minha linda:) pelos dois motivos.T...
Obrigada, vou dando notícias, ainda que com pouca ...
links
subscrever feeds
blogs SAPO
Protected by Copyscape Duplicate Content Software