13.7.12

Compra uma pessoa o bilhete para ir, especialmente, ver Florence e vai na volta a senhora está com problemas vocais. Até aqui tudo bem, acontece pronto. Agora o que não devia acontecer era serem substituídos por Morsheeba. Não lhes acho piadinha nenhuma. Acho que até preferia que fossem os Azeitonas ou assim...

 

Portantos, muda-se de um copo de leite branco, para um leite com chocolate [muito chocolate e pouco leite]. Mal feito...

 

link do post Pra lá das 5, às 21:35  comentar

28.5.12

Agora tenho uma estagiária a trabalhar comigo, na parte experimental do meu projecto-tese, que até me parece boa mocinha, é pontual e prestável, mas há um pequeno [tipo enorme, mega, gigante] problema. Ela cheira a côco.

 

Só para que conste, eu abomino côco. Acho que lhe vou dizer para experimentar a framboesa.

 

 

link do post Pra lá das 5, às 14:44  ver comentários (4) comentar

5.3.12

Estava um colega meu de mestrado a falar com a professora, sobre polvos [sim sim, polvos], e eu estava ali ao lado a fazer as minhas análises mas a ouvir a conversa, então...

Colega - (...) mas Dra. esses polvos são gigantes. É mesmo da espécie deles. Já tive oportunidade de os ver em San Diego...

Profª - Ah sim sim enormííííssimos, assustadores até. Já os vi em no zoo de San Diego e em Vancouver...

 

[eis que a minha pessoa mete o bedelho]

 

Eu - oh mas esses também há no Oceanário em Lisboa.

 

foi mesmo um comentário à pobre. Tenho que ir mais vezes ao estrangeiro, parece-me...

 

 

link do post Pra lá das 5, às 23:43  ver comentários (2) comentar

29.2.12

Só porque este blog nunca teve um post num dia tão escasso como 29 de Fevereiro, e 4 anos são uma eternidade... Só porque sim.

 

Pronto, a acção mais parva do dia está feita.

[oh god, i'm so silly]

 

link do post Pra lá das 5, às 22:34  ver comentários (4) comentar

13.2.12

Pois que se resolveu dar uma voltinha e ver as modas. Foi rápido, como aliás é meu hábito, porque se as mangas não me agradam nem vejo o resto da peça [no caso das blusas, casacos e camisas que estão penduradas, aprecio-as pelas mangas, se não gostar "pra frente, que atrás vem gente"]. Pouco tempo depois, quando cheguei ao carro, tinha uma dor no braço danada. Hoje fui pesar a mala e...

 

 

... não era de admirar que estivesse prestes a ganhar uma tendinite no cotovelo. Mas como é que vou minimizar se preciso de tudo o que lá tenho dentro?!

 

 

link do post Pra lá das 5, às 23:44  ver comentários (8) comentar

10.2.12

Não sei o que me irrita mais, se os anúncios constantes do Pingo Doce [principalmente na rádio] ou se a música do AI SE EU TE PEGO.

 

Desde que os senhores do PD decidiram dar um giro até à Holanda que nunca lá mais entrei, se não querem contribuir [tanto] para a nossa situação então, eu também não vou contribuir para a situação deles. Mas é de notar que estão com promoções e baixas de preços verdadeiramente tentadoras.

Quanto à música do brasileiro, não havia nada mais fatela, não?! Não consigo achar gracinha nenhuma. O meu sentido de humor deve ter ido passear à Holanda, com certeza.

 

 

Há pouco ouvi na rádio que Luciana Abreu tinha sido eleita a mulher mais sexy do nosso país. Ok,quanto a isto é que não tenho mesmo nada a dizer, foram-se-me as palavras.

 

link do post Pra lá das 5, às 00:04  ver comentários (6) comentar

26.1.12

 

Desde tenra idade que interiorizei o significado das letras impressas nestas lentes. Para mim, apenas os óculos que tivessem Ray Ban na lente direita [do ponto de vista do utilizador] eram verdadeiros, talvez porque só os conhecia assim. Tempos mais tarde comecei a ver Ray Ban P na mesma lente. Não sei se foi por decisão própria, se alguém que mo havia dito ou se até sonhei mas, a partir desse momento, estes últimos referenciados eram óculos falsificados. Eram falsos e pronto, daqueles que os ciganos ou os marroquinos vendiam nas feiras e também nunca ninguém me disse que não era assim.

 

Tive uma professora que usava uns Ray Ban P e lembro-me de pensar "possa, ganha bem que se farta e ainda por cima usa óculos falsificados. É no poupar que está o ganho".

Quando via alguém na rua pensava "ora mais uns ali dos ciganos. Epá eu não era capaz de andar assim descaradamente com uns óculos 'falsos' que o dizem, para toda a gente ver". Além disso chocava-me que até nas lojas oficiais vendessem com o P, era terrível.

 

Há umas duas semanas fui à loja, pois pareceu-me boa ideia aproveitar os saldos para comprar os tão desejados Ray Ban aviador com lente espelhada. Quando lá cheguei, muito decidida, expliquei o que queria,

Eu - quero uns óculos assim, assim e assim MAS não quero com o Pêzinho

Sra - mas porquê?? As lentes polarizadas são tão boas...

 

TXARAN... fez-se luz, mas uma luz tão forte, mas tão forte que nem as lentes polarizadas me protegeriam. Afinal o P, queria dizer que eram polarizadas??????

Mas para não dar parte fraca e mentirosa como tudo,

Eu - pois, mas eu não gosto muito, não me dou muito bem com essas lentes.

 

Depois de empatar um bocado, fui embora e não comprei nada, fui a outra loja e adquiri-os então. 

 

Isto foi traumático, foi quase como acabar com o mito do pai natal. Quer-se dizer, anda uma criança a vida toda a acreditar que o velho das barbas nos vem deixar presentes pela chaminé durante a noite e depois vem uma gaja qualquer desmentir, acabar com a fábula. Não se faz, não é?!

 

Só para terminar EU AGORA TENHO UNS ÓCULOS FALSIFICADOS E NÃO TENHO VERGONHA DE OS USAR [que patega que sou].

 

link do post Pra lá das 5, às 23:58  ver comentários (2) comentar

9.1.12

Sinto-me academicamente frustrada!!

É verdade. É uma sensação de vazio, do incompleto, de dever não cumprido. Não consigo entender como é que passados 3 anos de licenciatura, passados quase 1 e meio de mestrado e ainda tenho essa lacuna. Todos os meus colegas têm uma espécie de aptidão nata. Será que tiveram umas boas bases no infantário ou na pré e eu não? Será essa a grande diferença? Dava-me tanto, mas tanto jeito para o exame de quarta.

 

Mas a verdade minha gente... EU NÃO SEI CABULAR [porra]!!

 

Tenho de facto orgulho por todas as notas que tive/tenho serem exclusivamente por estudo, mas poderia ter muito melhor. Pode parecer brincadeira mas, tenho mesmo pena por não o conseguir fazer.

 

E o que faço eu aqui em vez de ir estudar?? Pois... digamos que é um intervalo [cof cof]...

 

Regressamos, então...

 

Ah e se souberem de algum workshop de "Como aprender a cabular em 10 passos", avisem-me por favor, sim?!

 

 

link do post Pra lá das 5, às 23:25  ver comentários (4) comentar

22.12.11
 
Não podia deixar de colocar aqui este vídeo. Vi-o ontem no local de trabalho e as gargalhadas foram suficientes para chamar a atenção das colegas que se encontravam no mesmo espaço. Hilariante a parte da perna...
 

 

link do post Pra lá das 5, às 09:30  ver comentários (2) comentar

14.11.11

Esta noite sonhei que estava a fumar ao lado do meu pai, assim muito na descontra...

 

Correcção: Esta noite tive foi um PESADELO, porque não cabe na cabeça de ninguém... dass era deserdada na base da rapidez.

 

link do post Pra lá das 5, às 14:02  ver comentários (2) comentar

12.10.11

Tumblr_lsz27cud6s1qgsifeo1_1280_large

 

Se o nome deste post fosse EM BUSCA DA CASA PERFEITA, terminava já aqui, porque não há. Ou talvez haja, mas conciliar-se todos os factores inerentes a tal coisa tornam-na [quase] impossível.

 

Quando decidimos mudar de casa, ou somos quase obrigados a fazê-lo [vamos dizer que é a mesma coisa] com poucos dias para procurar, escolher, ver, escolher, pensar, decidir, reservar, efectuar a mudança, torna-se uma tarefa digna de cronometragem para quiçá ingressar no livro dos recordes.

 

Encontra-se tudo um pouco nos placards onde estão afixados os anúncios e, desde logo, é necessário ter alguns critérios de selecção. Os meus preferidos são aqueles escritos com letra da primária, difícil de decifrar à qual atribuímos uma pessoa idosa como senhorio. Normalmente não me engano e sei à partida que a conversa telefónica vai ser muito interessante [quase tanto como se fosse ao psicólogo falar de mim].

Conversa 1:

Ligo e MOOOOOOOOCHE toma-te o velho é moche e a mim dá-me muito jeito.

Atende, afinal é uma velha, pela voz diria a rondar os 80 e picos, está com uma respiração muito agitada e das duas uma, ou estava a fazer o amor com o vizinho da frente ou tinha o telemóvel na outra ponta da casa e foi a correr.

Eu - Boa tarde, estou a ligar pelo anúncio do quarto. Ainda está disponível? [isto é igual em todas as conversas]

Ela - Sim está [respira, respira].

Eu - Podia dar-me mais informações sff...

Ela - Pois mas a casa fica um bocadinho longe das universidades [respira, respira].

Eu [que não tinha dito que era estudante] - mas não faz diferença.

Ela - mas não é estudante? trabalha?[respira, respira].

Eu - não [achei que dizer isto daria mais seriedade à cena, mas afinal enganei-me] e sim.

Ela - então e trabalha onde? é de onde? e os seus pais fazem o quê? costuma chegar a que horas a casa? tem namorado?[respira, respira].

Eu - [respira, respira] olhe muito obrigada, já reuni todas as informações que precisava. Boa tarde.

 

A isto é o que se chama perda de tempo e, de alguma paciência também.

 

 

Depois há os anúncios que oferecem 2 QUARTOS A MENINAS, que mais parece que procuram putas [termo que cá para estas zonas é semelhante].

 

Por outro lado é muito chato quando o tudo parece correr bem, a pessoa foi simpática ao telefone, a casa parece porreira, preço interessante e tal. Depois chegamos lá e afinal o que nos estão a mostrar é uma pocilga de porcos.

 

É preciso ter sorte no que se encontra. Será que eu tive sorte?

 

link do post Pra lá das 5, às 22:24  ver comentários (2) comentar

22.7.11

E parece que a Sónia Carvão já está bem melhor, já dá entrevistas e tudo.

 

Olhe minha querida, continução de boas melhoras, e não brinque mais com o fogo...

 

link do post Pra lá das 5, às 00:24  ver comentários (2) comentar

13.5.11

Eu só faço figuras tristes, depois fico surpreendida e vermelha como um tomate em tempos de praia.

Portanto vinha hoje no elevador e como é hábito o espelho é de olhar obrigatório. Vinha distraída, ora a ver se tinha os dentes limpos, ora a ver se os olhos estavam conformes. Noutro mundo. Depois comecei a falar sozinha para o espelho, mas em surdina, gesticulava, digamos que conversava animadamente comigo mesma. A porta o elevador abre-se e continuo com a converseta. Assim que me viro, tinha o vizinho à espera para entrar.

 

Fiquei para morrer, ele ficou-se a rir e eu completamente envergonhada. A sorte é que saía no andar em que ele entrava...

 

Ai que tristeza... 

 

link do post Pra lá das 5, às 00:10  ver comentários (4) comentar

20.4.11

 

 

Muito bom [da maneira errada, é certo]...

 

link do post Pra lá das 5, às 23:00  ver comentários (8) comentar

10.1.11

From here

 

A cultura geral dos Portugueses fascina-me. Esta tarde no programa que a Fátima apresentava:

 

Pergunta - Qual o dia da semana em que se comemora a Páscoa?

Resposta - Terça-feira.

 

Pois claro, a Páscoa é a terça, bem como o dia da mãe. Por sua vez a sexta-feira de cinzas vai passar a ser ao domingo ou talvez segunda, para se obter uma pontezinha. Ah e o carnaval passará para quinta.

 

Por agora as alterações são estas. Se houver novidades, depressa informarei. Até lá, uma boa noite.

 

link do post Pra lá das 5, às 19:23  ver comentários (4) comentar


 
mais sobre mim
Julho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Leitura do momento
comentários recentes
Muito, muito obrigada :DBeijinho
Muito obrigada :DBeijinho
Muitos, muitos parabéns! :) Beijinho especial ♥
Muitos parabéns minha linda:) pelos dois motivos.T...
Obrigada, vou dando notícias, ainda que com pouca ...
links
blogs SAPO
Protected by Copyscape Duplicate Content Software