23.2.11

 

Precisava de comprar um magalhães [entenda-se um notebook, daqueles piquenos], bem se calhar precisava não é bem o termo certo, mas de facto o meu portátil já estava nas últimas, demorava mais de 15 minutos para estar pronto para trabalhar, já para não falar que parecia um tractor, lento que só ele. A única coisa boa que lhe encontrava é que me aquecia as pernas quando o punha no colo.

 

Decidi fazer um estudo de mercado, para comprar uma coisa com alguma qualidade mas giro, há cores que combinam muito bem... Depois de escolher o eleito, e como estava esgotado em todas as lojas que tinha ido, decidi encomendá-lo on-line. Fui ao portal e Worten e lá ficou tudo tratado. Passou tempo, e mais tempo, e quando já estava cansada de esperar ainda passou mais tempo. No total foi 1 mês e uns dias, e convenhamos que para uma compra on-line estava a demorar pra lá do que era suposto. Ontem constatei que o produto já nem estava na lista do que se podia adquirir, já tinha saltado fora. Fartei-me e fui comprar outro. Verdade que queria um vermelho todo giro, mas na ausência desse veio mesmo um preto e quase 100€ mais barato que outro. Depois de chegar a casa liguei à Worten para cancelar a encomenda, resposta da senhora "...mas a encomenda já foi cancelada".

 

Não os tinha em tão baixa conta, de qualquer das formas ia cancelá-la mas WTF?!

 

Se alguma vez me disserem "Worten sempre" a resposta vai ser "Worten merda..."

 

link do post Pra lá das 5, às 15:21  ver comentários (4) comentar

30.12.10

From here

 

O dia de hoje e amanhã avizinham-se um tanto atarefados. Entre acabar um trabalhito para a faculdade, dar uma mãozinha nos negócios, comprar as peças de roupa e os sapatos para a noite de 31 [valente desculpa para ir às compras], dormir, tratar da reserva no restaurante e entretanto esta noite já há festa. Por isso duvido que volte à blogolândia antes do próximo ano.

 

Não acredito em resoluções de ano novo e o Ai e tal, agora é que vai ser diferente e não sei que mais. Não faço listas do que quero mudar, de metas a atingir, do que correu mal no ano presente nem dessas tretas todas. É uma continuação, e uma bela desculpa para sermos um bocadinho mais extravagantes durante umas horas.

 

Sem mais rodeios, e usando as palavras vulgares destas alturas, desejo a todos um "Próspero Ano Novo" [ainda tenho de ir ao dicionário o que isto quer dizer que desde pequena que a oiço - LOL]. Com álcool ou sem ele, com euforia ou nas calmas, com passas ou sem elas, com muito espumante ou só com um copinho, com cuecas azuis ou noutra cor qualquer, com vestido de gala ou roupa do dia-a-dia, com vontade de mudança ou não, em cima de uma cadeira ou no chão, enfim... como desejaram ou como se proporcionou...

 

Boas saídas e excelentes entradas em 2011!!

 

 

A propósito, tenho cá para mim que o último dia do ano e o primeiro do que sucede, devem ser os dias em que maior é a taxa de pessoas alcoolicamente bem dispostas e se não me falharem as contas farei parte dessa percentagem, de preferência com Martini, que sendo uma das bebidas que mais gosto, em espumante não lhes deve ficar nada atrás, espero.

 

link do post Pra lá das 5, às 10:30  ver comentários (4) comentar

31.10.10

Já me tinha esquecido de como horrível é ir ao centro comercial ao domingo, e para agravar, início do mês [dinheirinho na carteira]...

Hoje fui e relembrei-me de como era. Enquanto não me esquecer não volto lá...

link do post Pra lá das 5, às 19:05  comentar

19.10.10

Google images

 

Por vezes gosto de ir às compras, nem sempre, porque também tenho dias em que mais valia cortar os pulsos. Quando vou gosto de entrar nas lojas e regra geral em menos de 2 minutos tenho tudo visto, só se alguma coisa me prender a atenção é que demoro mais uns segundos. Mas onde quero chegar é quando estamos a ver um casaco ou qualquer muito entretidas e toca o alarme da porta. Qual é a reacção imediata? Olhar para a porta e ver quem foi a criatura que resolveu palmar qualquer coisinha ainda que saibamos que foi provavelmente a empregada que se esqueceu de tirar o alarme.

 

Mas chato, mesmo chato chato é quando essa merda nos acontece a nós. Convenhamos que é um pouquinho desagradável, mesmo que esteja tudo pago. Hoje aconteceu-me a mais estúpida de todas, estava a sair da loja, vinda da caixa, não havia mais ninguém a sair, apito. Depois de toda a gente olhar para mim e pensar "O que será que aquela gamou" dirijo-me à caixa e digo que o saco apitou, para ela ver, vai de lá com grande descontracção e diz "Ah isso foi de outra loja".

 

WTF??? Aquela porcaria apitou e acendeu as luzinhas, quase que me sinto uma criminosa a ser fuzilada pelos olhares alheios, chego lá e a gaja nem nem comprova que estou inocente?? É que se voltasse a apitar alguém levava com o saco na cara...

 

Parece que está tudo manipulado, e que de tempos a tempos tem disparo automático... Santa paciência...

link do post Pra lá das 5, às 15:45  ver comentários (2) comentar

8.10.10

 

E pronto, como não havia grande coisa para fazer lá se foi às compras outras vez... E experimentei as novas Curved ID da Levi's e dei-lhes abrigo. Não achei que fossem muito diferentes das clássicas 571, mas como o meu espírito consumista estava em grande, lá se fez o sacrifício.

link do post Pra lá das 5, às 21:46  ver comentários (6) comentar

4.10.10

 

Ora que a semana passada foi um misto [extra misto vá] de coisas... Assim muito resumidamente o trabalho sazonal onde estava terminou e tive que mudar e procurar casa [assim de rompante] em 48 horas.

 

Tive pena que estes dois meses tivessem passado tão depressa. Gostei daquilo. Gostei mesmo daquilo. Não só pelo trabalho desenvolvido, que veio pôr em prática aquilo para que vim a estudar, mas pelos métodos de trabalho, pelas pessoas. Sim, acho que as pessoas, que parecem uma pequena família, são de facto importantíssimas para que tenha corrido tudo tão bem. Se foi cansativo? Foi, mas voltava a fazer tudo de novo. Não trocava aquilo por dois meses de praia [tendo que escolher]. Vim com vontade de ficar, mas é assim...

 

Quanto à casa, acho que nem vou falar sobre o assunto, foi tudo demasiado rápido e cretino, e só me veio comprovar que há pessoas sem escrúpulos...

 

Agora a minha pessoa encontra-se de férias [palavra mais subtil para desemprego], coisa de que já se está a fartar. Já se anda à procura de um novo trabalho sazonal [digamos que, para ir experimentando as várias áreas de que a minha formação me dá possibilidade]. E mesmo sabendo que o mestrado está prestes a começar e que não vou ficar sem nada para fazer, ainda assim não gosto de estar desocupada...

 

E como não gosto de estar desocupada agora vou às compras, estoirar o dinheiro que ganhei [or not]... 

link do post Pra lá das 5, às 16:30  ver comentários (2) comentar

2.9.10

 

Acho uma graça do caraças quando vou à secção de charcutaria, peço 200gr de queijo [exemplo] e a criatura que me atende não falha uma grama.

 

Sei que isto é muito parolo, tipo não tenho mais nada que fazer, mas já por várias vezes, com várias pessoas...

 

Ah e tal quero 100gr de fiambre... e pimbas, balança a marcar um zero zero, e as senhoras [normalmente] que estão a despachar, esboçam um ligeiro e discreto sorriso tipo, sou muita boa nisto pá, não falha nem uma grama, viu viu?!? a fatia ali ao pormenor, fantástico, toda uma técnica de olho...

É claro que esta última parte é o que eu acho, o que passa em roda-testa, é assim... é o que dá estar imenso tempo à espera da minha vez.

 

Para a próxima abordarei a técnica de condução de veículos longos [vulgo 500 carrinhos enfiados uns nos outros] por corredores apertados ou coisas parecidas.

link do post Pra lá das 5, às 11:00  ver comentários (3) comentar

7.5.10

Imagem daqui

 

Ora o relato de hoje é curto. Estava no Continente com a D., fomos fazer umas comprinhas. Ás tantas eu levava um garrafão de água na mão que ia em jeito de baloiço [mas não muito], estávamos a andar e eu ia virada para ela, na conversa, eis quando dou um encontrão no cesto de um senhor, que para espanto da criatura cai no chão.

 

A parte mais estúpida:

Continuei a agarrar o meu garrafão, fiquei de boca aberta muito espantada, incrédula do que tinha acabado de acontecer, só disse, "Ai, peço imensa desculpa, a sério, desculpe..."

 

O senhor a olhar para mim tipo "Ya, mandaste ao chão, agora apanhas, sim?!" mas ao fim de uns quantos segundos, lá se dobrou e apanhou o cesto do chão.

 

Não tive reacção para apanhar aquilo, acho que era o mínimo que poderia ter feito. O velho ficou mesmo com cara de quem me queria dar porrada, valeu-me andar depressa... 

link do post Pra lá das 5, às 10:39  comentar

16.3.10

Isla Fisher

 

Odeio quando penso que quero ir às compras e depois não encontro nada. Mas não pensar em comprar nada, e vir de lá com uma carrada (não foram assim tantos) de sacos é o abuso. Assim na brincadeira era o ideal, e não me importava de fazer isso todos os dias, agora o numerário da minha conta é que... coitadinho...

 

Hoje foi só assim sem pensar, um par de calças, uma camisa, três blusas, dois casacos e uma espécie de colete. Para uma criatura forreta como eu, é um abuso.

 

O sol faz destas coisas...

tags:
link do post Pra lá das 5, às 17:38  ver comentários (4) comentar

8.2.10

Hoje foi um daqueles dias em que começou a correr bem, deixei-me dormir. 

Tinha um telemóvel a tocar com o despertador, e o outro a tocar porque já me estavam a ligar, e eu, parecia que estava morta, e o subconsciente espertinho resolveu ignorar os dois.

Odeio chegar atrasada a compromissos, ainda por cima, porque resolvi não acordar.. Fiquei pior que estragada. 

 

Mas depois lá as coisas se foram compondo. Fui às compras. Há imenso tempo que não ia às compras logo quando as lojas abriam, e já não me lembrava da sensação de ter os trapinhos impecavelmente dobrados, e sem a habitual 'feira dos ciganos' onde está tudo ao molho. Ainda por cima não comprei nada de especial (uma camisa, uma carteira e um soutien).

 

Depois, recebi óptimas noticias laborais (daquelas que desejamos que o telefone nunca toque), ou seja, a minha semana vai andar quase a 300... vá 250..

 

Ah.. mas daqui a pouco vou jantar com a C. e a C.(estamos à tua espera I.), e vou-me desforrar.. Já que durante o resto da semana as coisas têm de ser rigorosamente bem feitas. Eu já tenho idade para ter juízo, e não para entrar nestas loucuras logo no inicio da semana, mas pronto... seja o que Deus quiser.

link do post Pra lá das 5, às 19:42  ver comentários (2) comentar


 
mais sobre mim
Julho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Leitura do momento
comentários recentes
Muito, muito obrigada :DBeijinho
Muito obrigada :DBeijinho
Muitos, muitos parabéns! :) Beijinho especial ♥
Muitos parabéns minha linda:) pelos dois motivos.T...
Obrigada, vou dando notícias, ainda que com pouca ...
links
subscrever feeds
blogs SAPO
Protected by Copyscape Duplicate Content Software