28.3.10

 

Semelhanças são pura ilusão.

 

 

Ontem fui jantar com elas, e o tema foi A minha ferradura [não é que tenha sido o jantar todo a falar disso, só um bocadinho]. Pois que é verdade, ontem fui pôr aparelho. Já deveria ter sido há mais de dois anos, mas como o nosso país anda em velocidade cruzeiro [sim, faço parte do grupo de pessoas que está sempre a reclamar]e por questões burocráticas...

 

Aquilo foi muito rápido, meia hora e estava prontinha, e como é normal, agora parece que tenho uma coisa estranha na boca, mas adiante...

 

Divertimo-nos a 'gozar' com a minha nova aquisição, porque agora não consigo fazer o sorriso nº2, 3 e 4. Restam-me o 1 e o 5, ah e tenho um novo, o 6 que consiste em abrir ligeiramente a boca de forma a que pareça que os lábios estão agrafados com os ferros. Ou tudo ou nada. Então agora acham que tenho um sorriso à Patty. Confesso que não sabia muito bem que era a criatura mas bastou uma ajudinha no motor de busca e lá apareceu a coisa. Se fizer umas tranças e mudar a armação dos óculos, fico assim a modos que semelhante.

 

Decidi pôr uns elásticos azuis, achei que de discreto isto pouco tinha, então colori a boquinha. Um sorriso azulão em grande.

Isto é estranho [claro], nem consigo cuspir nem assobiar nem nada que me valha. Ao menos fome ainda não passei porque tenho conseguido comer o mesmo do costume. Ainda assim, só peço para não bater com a boca em lado nenhum, caso contrário vou ter uma big hemorragia [só digo disparates]. Acordar com os ferros colados à boca também é muito fantástico.

 

Mas isto são só devaneios de uma criatura demente, que espera adaptar-se o mais rápido possível...

link do post Pra lá das 5, às 14:14  ver comentários (4) comentar

22.3.10

Imagem daqui

 

Para começar a semana.

Logo para começar, uma viagem pela manhã cedinho [a ver as vacas a pastar], depois para acabar de abrir a pestana, uma frequência. Menos de uma hora para almoçar, seguidinha de aulas e depois mais aulas. Umas comprinhas e respectivas arrumações. Daqui a pouco vai uma corridinha, um jantar cá em casa com a maltinha e saída. Prevê-se que amanhã seja um belo dia [ou pelo menos começo dele]. Ah e já tenho o meu carrinho, o que facilita muito as coisas.

 

P.S. não gosto nada da nova configuração do blog

link do post Pra lá das 5, às 18:26  ver comentários (2) comentar

28.2.10

 

Bem, muito bem. Dormi extraordinariamente bem. E tinha tantas saudades de dormir, assim até me apetecer, sem ter o despertador a tocar perto dos ouvidos, sem ter que o atirar para a outra ponta do quarto, sem ouvir a sirene dos bombeiros, sem ouvir aquela música que tanto odeio da Family Frost, sem ouvir a chuva, sem ouvir o telemóvel tocar. Sem me preocupar.

 

Pois que andei quase uma semana inteira a dormir no máximo 5 horas por noite. Andei a ressacar a todos os dias, porque precisava mesmo de dormir, mesmo mesmo, mas não dava. Todas as manhãs assim que acordava, logo o que pensava era que à noite tinha que me deitar cedo. Mas a conversa era sempre a mesma, e era sempre tarde que chegava à cama.

 

E o pior dia foi ontem, porque na sexta o amigo M. fazia anos, e lá fomos todos jantar. Ora sempre se bebeu vinho, depois uns beirões. Até não foi muito, nem o suficiente para enrolar a língua a falar e trocar as palavras. Mas como o meu organismo estava com défice de sono, a coisa no day after foi um pouco mais agreste que o costume. Ora assim que me levantei para ir trabalhar, parecia que estava prestes a entrar em coma. Via tudo à roda, nem sei como não me espalhei ao comprido. Claro está, que foi logo assim de seguida quase 1L de água, até parecia que tinha jantado bacalhau hiper salgado. Só consegui meter para dentro meia torrada e nada mais durante toda a manhã, digamos que... não tinha fome. E escusado será dizer que tinha umas olheiras até ao queixo e que para mal dos meus pecados o céu estava escuro, prestes a chover, e não houve óculos escuros para ninguém...

link do post Pra lá das 5, às 18:27  comentar

8.2.10

Hoje foi um daqueles dias em que começou a correr bem, deixei-me dormir. 

Tinha um telemóvel a tocar com o despertador, e o outro a tocar porque já me estavam a ligar, e eu, parecia que estava morta, e o subconsciente espertinho resolveu ignorar os dois.

Odeio chegar atrasada a compromissos, ainda por cima, porque resolvi não acordar.. Fiquei pior que estragada. 

 

Mas depois lá as coisas se foram compondo. Fui às compras. Há imenso tempo que não ia às compras logo quando as lojas abriam, e já não me lembrava da sensação de ter os trapinhos impecavelmente dobrados, e sem a habitual 'feira dos ciganos' onde está tudo ao molho. Ainda por cima não comprei nada de especial (uma camisa, uma carteira e um soutien).

 

Depois, recebi óptimas noticias laborais (daquelas que desejamos que o telefone nunca toque), ou seja, a minha semana vai andar quase a 300... vá 250..

 

Ah.. mas daqui a pouco vou jantar com a C. e a C.(estamos à tua espera I.), e vou-me desforrar.. Já que durante o resto da semana as coisas têm de ser rigorosamente bem feitas. Eu já tenho idade para ter juízo, e não para entrar nestas loucuras logo no inicio da semana, mas pronto... seja o que Deus quiser.

link do post Pra lá das 5, às 19:42  ver comentários (2) comentar


 
mais sobre mim
Julho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Leitura do momento
comentários recentes
Muito, muito obrigada :DBeijinho
Muito obrigada :DBeijinho
Muitos, muitos parabéns! :) Beijinho especial ♥
Muitos parabéns minha linda:) pelos dois motivos.T...
Obrigada, vou dando notícias, ainda que com pouca ...
links
subscrever feeds
blogs SAPO
Protected by Copyscape Duplicate Content Software